terça-feira, 22 de setembro de 2015

QUE TÚNEL VOCÊ QUER VER...?


A estrada para Morungaba é conhecida de todos os motociclistas na região. Um dos trechos mais bonitos nos brinda com um túnel formado por bambuzais. Um outro túnel muito famoso é o que algumas pessoas declaram ter visto em situações em que quase morreram ou ficaram em coma. Eu não sei se este túnel existe mesmo. Mas, se existe, muita gente que vai para Morungaba tem passado por ele. Infelizmente, neste fim de semana mais três companheiros de paixão por motocicleta trilharam este caminho. Precisava?


Fonte: www.blog-do-tiozao.blogspot.com

terça-feira, 21 de julho de 2015

CRUZAR A BANDEIRA



Recentemente, diante de um triste evento em que perdemos um irmão, chegou para nós a determinação de "cruzar bandeira". A mensagem recebida foi postada na íntegra, e alguns amigos perguntaram o que era "cruzar bandeira".
Pois bem, esse termo é usado para determinar o pesar pela perda de um "membro" ou " agregado" (afilhados), do clube. E somente nessa situação é usado.
Demonstração de luto por amigos de outros clubes, ou até mesmo de clubes irmãos, são feitos através de uma tarja preta horizontal fixada provisoriamente no colete ou uma faixa em tecido preto no braço, e somente durante o cerimonial fúnebre.
Quando se cruza bandeira, o fazemos por tempo determinado, sendo no máximo 30 dias.
Uma observação importante é que embora o termo seja, "cruzar bandeira", na verdade o que se cruza com uma tarja preta é o patch do clube.
Jamais, em hipótese alguma se altera a bandeira, seja do que for. Uma bandeira é sagrada, e não pode ser alterada.
Ao se "cruzar bandeira", havendo necessidade de hastear a bandeira do clube, ela será hasteada normalmente. Bandeira em luto é hasteada a meio pau.

FONTE: Black Horse Brasil MC

quinta-feira, 2 de julho de 2015

PORQUE OS MOTOCICLISTAS USAM CAVEIRAS EM SEUS BRASÕES?


O que causa a ignorância..aí, alguém pega uma foto com um monte de caveiras, posta nas redes sociais e vira febre. O primeiro criou sem nada saber e outros sabendo menos ainda se encarregam da divulgação e compartilhamentos.

E o pior, não contente em criar e postar a foto ainda criou um slogan, mudando completamente uma história: " motociclistas usam caveira porque é símbolo de igualdade".

A caveira, tem diferentes interpretações em vários segmentos. Para o roqueiro é uma coisa, para o mistico é outra, para o religioso, outro e para o coveiro é seu ganha pão. Mas, dizer que para o "motociclismo" simboliza a igualdade, só mesmo na cabeça de algum imbecil, que quis se aproveitar da onda do "politicamente correto", do bonzinho, certinho.

Via de regra e de forma geral a figura da caveira significa "Perigo". Esse é seu simbolismo universal.
O motociclismo sempre gostou do uso da caveira, normalmente ligado a força, risco, perigo.
Nos Motoclubes, ( tradicionais), cada um tem seu próprio significado para a caveira, normalmente só conhecido dos membros do próprio clube.

Mas,seguramente , nunca esse simbolismo tem alguma coisa a ver com "somos todos iguais".
Alguns clubes, como é o nosso caso, do Black Horse, adotamos o patch da caveira como uma condição unica e exclusiva para uma determinada condição e consequente simbologia. Apenas para exemplificar, nesses mais de 35 anos de existência, tivemos dois membros "caveiras" no clube.

Outros usam para o clube inteiro, dentro das características e condições pré definidas.
Alguns motoqueiros independente, usam-na porque acham bonito, ou , hoje, até mesmo pela razão recém criada. mas são independentes, ou seja, a caveira trem uma simbologia só para ele.
Transformar isso em desinformação, alterando por conta própria um símbolo, e atribuir essa alteração a toda uma classe, é no minimo uma idiotice.
E o pior, em alguns casos como da foto abaixo, atribuem aos motoclubes...ou seja, alem de atribuir a uma classe, ainda atribuem especificamente aos clubes. Ou seja, quem faz isso não sabe o que é nem a caveira e nem um Motoclube.

Resumindo, nunca em tempo alguma a figura da caveira teve nos meios motociclísticos essa conotação, portanto quem criou isso, simplesmente atropelou a história e com certeza, em tempos de "politicamente correto", vai conseguir destruir parte da história. E com os meios das redes sociais, ja causou um estrago,de tamanho inimaginável....


Fonte: Black Horse Brasil MC

terça-feira, 9 de junho de 2015

FESTIVAL RECIFE UNDERGROUND



Olá, galera! O Festival Recife Underground Convida todas as bandas Underground a participarem da inscrição para o primeiro Festival Recife Underground, que ocorrerá no dia 06 de setembro na Sede Abutre's em Olinda, será 10 bandas selecionadas e a banda vencedora ganhará uma sessão de fotos profissionais e participará do próximo evento.

As inscrições são até o dia 01/07 e o resultado com o nome das bandas selecionadas dia 05/07. Não Percam !
Inscrições na pagina do evento: https://www.facebook.com/events/1472077253084035/

segunda-feira, 8 de junho de 2015

LAMPIONS STORE ESTÁ CHEGANDO


Caros amigos e leitores, em breve nossa loja estará no ar e irá chegar com força total; estamos trabalhando a todo vapor para disponibilizar os produtos o mais breve possível para vocês curtirem o melhor feito especialmente para vocês.

Por enquanto sintam mais um pouco do que está por vir!

Curtam nossa fanpage: facebook.com/Lampions-Store

sábado, 6 de junho de 2015

NOVIDADES NO BLOG


Há algum tempo venho querendo dar uma guinada no blog e fortalecer de alguma forma essa cultura e enfim contribuir mais efetivamente para o nosso universo, e foi com esses pensamentos e desejos que apresento a vocês a nossa marca de suporte para a nossa lojinha virtual, muito em breve os produtos estarão disponíveis, mais enquanto isso estamos aqui trabalhando. 


A Lampions Store chega para preencher uma lacuna sentida por quem tem atitude e admiração pela arte urbana, blusas dedicadas aos amantes das duas rodas, V8, free estile e Underground. Para isso desenvolvemos uma estrutura online, por meio do Face book e instagram e aqui no blog, em que o cliente possui a praticidade de visualizar nossos produtos e a rápidez da pronta entrega. Não fique de fora, entre na nossa fan page e no nosso instagram, e desfrutem das melhores artes. E o melhor: Sem precisar sair de casa!!

Face book: https://www.facebook.com/pages/Lampions-Store/1414693762187474

Instagran: lampionsstore

quarta-feira, 3 de junho de 2015

terça-feira, 2 de junho de 2015

SINTA-SE EM CASA 1ª edição "Crônica"



RESENHA DO DIA 30 DE MAIO (SÁBADO).
 
por Jorge Cerqueira .
 
(30.5.15)SÁBADO - teve na praça de Casa Amarela a primeira edição do evento musical ”Sinta-se em casa”, organizado pela Associação dos Artistas Anônimos. O objetivo é o diálogo entre as bandas participantes sobre essa experiência com o público e o espaço, com o intuito de consolidar parcerias para fomentar eventos auto-sustentáveis, viabilizando espaços pras bandas e o público convergirem.
 
O evento teve apoio da Carb Cultural, Nepalm Discos, Traga Pub, Prefeitura da Cidade do Recife, Zezé Artesanatos, Emlurb e Polícia Militar.
As bandas do primeiro dia foram Prison, Saga, Arca de Pandora, João Lemom e os Bicos e Essência Mística.
A primeira foi Prison. Uma banda de Paulista que faz cover da banda Three Days Grace. É aquela que estourou com “I hate everythingabout you”. Começou às 19:03, terminou às 19:33. O vocalista cantou tão igual ao cara da Three Days Grace, que por esses 30 minutos de show eles poderiam se chamar de Thirty minutes grace.
Com a instiga já instigada, às 20:06 começou show da João Lemom e osBicos. Duas guitarras calcadas no punk rock, blues, psychobilly e músicas sobre o sol (“agora que o sol se apresentou não tem mais perigo”), o encarte do cd (“do que vale o encarte se ninguém vai entender”), whisky e outra de letra muito legal que encerrou o show, de nome "perfeiúra", séria candidata a hit.
 
Terminou 20:54 o show da João Lemom, aí às 21:11, Saga: é som pedrada. Hardcore, punk, trash, metal tudo com um vocal rasgado, furioso, fogo nas orelhas. Tinha um guitarrista que tocava como os caras do Rammstein, esse headbangueava pesado. E tinha um outro com boné que lembrava o guitarrista do RATM. Lá na 9ª música o guitarra falou “a gente não chegou nem na metade ainda”. E foram 18 músicas. Todas tudo lapada. Toma!
 
Terminou às 21:54 o show da Saga. Às 22:10 começou Arca dePandora. O som que sai da arca é múltiplo, divino-profano, céu-terra. As guitarras se alternam entre os elementos da natureza. Enquanto uma é seca como a terra a outra voa em solos viajantes. E o guitarrista tinha horas que buscava tocar o absoluto com seus acordes mergulhados em delay.
A primeira música, "Memórias póstumas de Lampião" é rock com um ritmo chamado maculelê. A segunda misturou música autoral que falava Paranauê com “Hey Man” de Ave Sangria. A quarta música falava “meu terreiro é de xango eu toco pra Iemanjá” mesclada com “Geni e o Zepelim” de Chico Buarque.
Depois na quinta música eles misturaram um blues rock com “O pirata” de Ave Sangria. A sexta música foi “Riders on the storm” do The doors com a ciranda "Os 4 elementos" que falava “fogo que acende as luzes do trovão, vento que sopra as águas do mar vou te encontrar”. O público gritou e gritou pra eles cantarem “Homem Gabirú” e “Solange”, mas eles tocaram o coco "Coco de dona aurinha” e todos se uniram na dança.
 
O show acabou exatamente às 23:00, e às 23:09 teve o reggae-afrobeat da Essência Mística. Na quarta música “Resistência Reggae” que fala “o homem forte é o que usa inteligência” caiu aquela chuva que só Jah e Iemanjá enviam. Tava tudo conectado e veio dois covers certeiros: “We can make it work” de Bob Marley e "Ain't no sunshine".
 
Às 00:13, olhei pro relógio, fim do show; início da sorte pra todos ali.

segunda-feira, 1 de junho de 2015

SEM HABILITAÇÃO

 
Os acidentes de moto superam o caráter de epidemia no estado. Epidemia devido ao número - crescente nos últimos anos - de mortes, de pessoas feridas e da ocupação dos leitos hospitalares.
 
Por trás dessa tragédia, também está o desrespeito às regras do trânsito, o que pode ser mensurado em parte pela quantidade alarmante de motoqueiros sem a Carteira de Nacional de Habilitação (CNH).
 
Dados do Comitê Estadual de Prevenção aos Acidentes de Moto apontam para mais de dois terços das vítimas hospitalizadas sem a CNH. Ou seja, vítimas que jamais tiveram treinamento e, portanto, desconhecedores de normas básicas de comportamento no trânsito.
 
Preocupante, em meio à epidemia, é a prevalência do entendimento, de grande maioria, de que para se conduzir uma moto bastam habilidade manual e rapidez de reflexos.
 
Ao pensar assim, as consequências no trânsito não poderiam ser outras senão zigue-zagues de adolescentes e adultos em ruas e rodovias empilhadas de carros. Eis uma das portas para a epidemia de feridos e mortes.
 
Texto: Jaílson da Paz

quinta-feira, 28 de maio de 2015

ROCK AÇUDE CAMARÁ 10ª EDIÇÃO

 
Pela décima vez, Camaragibe fez bonito!
A galera fez presença na Praça do Açude Timbí Participou, cantou, instigou as bandas desde o início do evento até a última banda. Parabéns!
O coletivo Locomotiva agradece ao Srº Wellingtom e sua esposa pelo apoio, aos orgãos municipais e as bandas que abraçaram a ideia.
Nessa décima edição o evento contou com as bandas: KAVERA D'POODLE (Camaragibe), RED MOSKITO (Casa Amarela), SANIDADE DESTRUÍDA (prazeres) que teve a participação de Angela Vocífera (vocalista da banda Vocífera), CHAPA DOIS (Paulista) e CORRENTE DA MISÉRIA (Camaragibe).
 
 
Um abraço a todos, pedimos que nos ajude a divulgar essa idéia e multiplica-la, nos vemos em Julho de 2015.
 
  A CENA SOMOS NÓS QUE FAZEMOS!

quarta-feira, 27 de maio de 2015

ESPIRITO UNDERGROUND




Segue mais um belíssimo vídeo da via libera que mostra o verdadeiro espirito underground e me representa, espero que vocês curtam!

segunda-feira, 25 de maio de 2015

QUAL O PROCEDIMENTO CORRETO PARA CUSTOMIZAR UMA MOTO?

 
Toda e qualquer alteração das características originais de um veículo devem ser registrados em um CRLV (Centro de Registro e Licenciamento Veicular), sob pena de que um veículo customizado pode estar sujeito a apreensão e multa.
 
A exigência de laudo do Inmetro será necessária quando a alteração da característica original tiver que cumprir com determinadas exigências pré-estabelecidas em lei. Por exemplo, a troca de um escapamento original por um esportivo, na prática, deverá ter seu nível de ruído aferido e atestado, assim como outros itens, como emissão de poluentes.
 
Em São Paulo já está ocorrendo uma vistoria obrigatória de veículos, incluindo motos, e estes itens estão sendo averiguados. Nas primeiras semanas de inspeção, infelizmente, uma entre cada quatro motos (aproximadamente 25%) estavam sendo reprovadas em vistoria, o que impossibilitará o licenciamento e, por decorrência, seu uso será ilegal, sujeito a apreensão e multa.
 
A troca de pintura pode ser feita, desde que respeite a indicação da cor predominante da moto. Se a pintura efetuada não deixar claramente indicada qual é a cor predominante, de acordo com o que está registrado no documento de rodagem, então uma vistoria e alteração de documentos deverá ser procedida.
 
Em uma fiscalização, uma vez constatadas alterações das características originais do veículo que não estejam registradas deverá sujeitar o condutor a sofrer com a apreensão e multa. Se isso não acontecer será somente em função do uso(indevido) do poder discricionário da autoridade de trânsito.
 
leia a decisão judicial abaixo proferida pelo Tribunal de Justiça do RS em 27/11/2008, ou seja, bem recentemente:
 
1. É proibido alterar as características de fábrica dos veículos sem prévia autorização da autoridade competente. Art. 98 do CNT.
 
2. O licenciamento de veículo modificado subordina-se à apresentação de certificado de segurança expedido por instituição técnica credenciada por órgão ou entidade de metrologia legal. Art. 196 do CNT.
 
3. É ilegal a modificação da característica do veículo sem prévia licença da autoridade competente. A regularização superveniente da alteração depende do preenchimento de todos os requisitos legais.
 
4. A homologação das modificações que impliquem a criação de uma nova marca, modelo ou versão de um veículo é medida que permite controlar o atendimento a padrões mínimos de segurança e proporcional ao fim de segurança colimado.

terça-feira, 19 de maio de 2015

ROCK AÇUDE CAMARÁ



Tem que ser selado, registrado, carimbado, Avaliado, rotulado se quiser voar! (Carimbador maluco - Raul Seixas) E para o ROCK AÇUDE CAMARÁ, Já estamos com todo esse processo na mão. Dia 24 vai ser MASSA! Vamos chegar! A CENA SOMOS NÓS QUE FAZEMOS.

A ordem das bandas é:PROFÉTICOS, KAVERA D'POODLE, RED MOSKITO, SANIDADE DESTRUÍDA, CHAPA DOIS e CORRENTE DA MISÉRIA Obs.: Essa ordem está sendo mandada para todas as bandas então ñ posso trocar ninguém de lugar, isso só poderá ser feito entre as próprias bandas, peço apenas que me comuniquem.

Às 15 horas o equipamento já vai estar montado, rolando som, peço as bandas q cheguem cedo, pra conhecer o lugar, ser visto pela galera.
Já q acredito q seja do interesse de todos divulgar o seu trabalho e também curtir o show das outras bandas. Como e evento tem horário certo pra acabar, o horário será rigorosamente aplicado, a banda q não chegar no horário não terá garantia de tocar (tentaremos um remanejamento, ou qualquer outra medida, mas as bandas q estiverem dentro das normas, terá o seu tempo de 50 minutos garantidos) Em caso de imprevistos (falta de energia, algum defeito no equipamento... Coisas q caiba a organização) qualquer banda que não puder se apresentar, pode ficar agendada para a próxima edição se for do seu interesse.

DETALHES:

50 minutos para cada banda no palco (montar equipamento, tocar e sair) A ordem é a citada a cima Guitarristas, levem cabos (bons!) e extensões elétricas. Só temos 220 volts, se precisarem de outra voltagem levem transformadores, estabilizadores.
Bateristas, levem pedal e caixa (e os pratos, claro!) temos 2 estantes para pratos, se precisarem de mais, tem q levar. sobre a cota para custear o equipamento de som, pode ser entregue lá mesmo, no dia, antes da apresentação da banda.

Dúvidas: Aqui pelo facebook ou 87162037

quarta-feira, 15 de abril de 2015

E VÃO ACHINCALHANDO AS TRADIÇÕES, E PERDE-SE A HISTÓRIA

 
Infelizmente, a cada dia surgem novas invencionices, originária desde os interessados em mudar, até o que querem usar o motociclismo como forma de elevar o próprio ego. E em todos os casos, o desconhecimento se faz presente.
Não fosse isso, ninguém iria a propósito especifico, destruir toda ou parte de uma história:
 
Recentemente vi em uma rede social, a postagem de um quadro, com a seguinte "informação".
 
 
Será que o criador de tal ideia, não sabe que ja existe essa sinalização entre os clubes? Já a usamos desde a década de 70.
Qualquer Clube, tradicional e sério, sabe que ao passar por um motociclista parado , e seu colete estiver aberto sobre a moto, indica que precisa de auxilio. Isso é usado no mundo todo como forma de pedido de auxilio entre os clubes.
 
Aí surge uma "nova versão", que logo vira "verdade" absoluta, como aconteceu com a figura da caveira, que graças a imbecilidade, quase perdeu seu real simbolismo para os Clubes. Só não perdeu porque os poucos clubes tradicionais conhecem e mantem sua real simbologia. Simplesmente pegaram a figura e a transformaram na ideia de igualdade, invertendo praticamente seu real significado para os Clubes.
 
E assim a história vai se perdendo, nas criações dos neo motoqueiros, que não se preocupam em seguir uma trilha deixada no asfalto da vida, pelo contrario, insistem em destruir as que encontram e criar as suas em cima de areia.
 
 
Texto: Black Horse Brasil MC
Editado por: Cleyton