segunda-feira, 30 de setembro de 2013

POR ÁGUA ABAIXO...



O vídeo acima mostra um dos maiores erros que se pode cometer: duvidar das forças da natureza. A coisa ia relativamente bem, já que a moto é adequada para trilha, mas a partir dos 2:15s a coisa começa a ficar feia e, por pouco não vira uma tragédia. Em um país de tantas trovoadas e enchentes vale o alerta. Na verdade, não somente para enchentes mas para qualquer situação em que se vá medir forças com a natureza.


Fonte: www.blog-do-tiozao.blogspot.com

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

FF MOTORCYCLES - DE SÃO PAULO PARA O MUNDO "PARTE 1"


    

Um pouquinho da história de Fabiano Depércio, o "Caju" da FF Motorcyles, que será contato em alguns episódios.
Boas histórias, belas motos, bons rolés e cias...


fonte: www.kulturakustombrasil.blogspot.com

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

MOTOCLUBES - RESPEITO... INVERSÃO DE VALORES


Respeito......inversão de valores.

Chega a ser cômico essa história de respeito quando a referencia é motoclube. Afinal, o que é respeito?... Existe e há que existir sempre o respeito, ao clube que de fato se faz presente como um clube de motoqueiros, um clube que tem na estrada sua principal artéria e na gasolina seu perfume predileto. Clubes que tem o sol e a chuva, o calor e o frio, as noites e os dias como cotidiano. Que tem entre seus membros, uma fraternidade real como não vista em nenhum outro tipo de associação. Que tem seu código de conduta, sem alardes publico, mas que são seguidos rigorosamente, não por imposição, mas por satisfação.

O clube que conhece a historia, e aplica em seu dia a dia, mantendo em seu interior o que deve ser mantido longe dos olhares curiosos. O clube que não faz de seu brasão, meio de ostentação. O clube onde todos são um e um são todos. Esses clubes são e serão sempre merecedores de respeito como motoclube.

 Não podemos confundir, respeito aos membros, sejam de MOTOCLUBES, ou de motoclubes. Os membros, independente da conotação do mc, devem sim serem respeitados, de acordo com seus merecimentos individuais, como toda e qualquer pessoa. Porem, respeito ao clube, são raros os que merecem, principalmente porque os que merecem, quase sempre são poucos conhecidos, exatamente por não alardearem sua condição. Apenas "são", e o são para eles, muito mais que para quem os verem. Aí dirão os leitores: "clubes assim não existem".

Existem sim. Não muitos, mas existem, com certeza. Muitas vezes bem próximos a nós e não sabemos ou percebemos. Costumamos validar apenas aquilo que vemos, e por essa razão, copiamos sem nos preocuparmos com o que de fato é ou deixa de ser. Um grupo de 50, 60 ou até 100 motoqueiros, com suas maquinas reluzente, de alta cilindrada, chama atenção pela quantidade, pela beleza, pelo visual, mas é no grupo de 5,6 ou 10, muitas vezes com motos pequenas, nem tão brilhantes, que quase sempre encontramos a qualidade.

O respeito devido como clube, com certeza deve ser exatamente a qualidade e não a quantidade. Claro que isso não é uma generalização, mas apenas um exemplo. Então não existem Motoclubes grandes que mereçam respeito? Claro que sim, da mesma forma como existem mcs pequenos, que nem sequer chegam aos pés do que é ser um motoclube. Há de certa forma uma inversão , que acompanha o processo de inversão de valores que tomou conta da sociedade, onde bom é o que aparece, o que todos vêem, o que ostenta, prova disso é a frase que ja ouvimos dezenas de vezes: "O motoclube X merece respeito, voce viu o evento dos caras".

Ora, se evento fosse motivo de respeito, salões de festas eram o comércio mais respeitado do país. O respeito ao MC , deve ser sempre em função do grupo, da postura de cada membro em relação aos seus irmãos de clube, da conduta de cada membro dentro do seu próprio clube, da importância que tem o clube para ele próprio, nunca daquilo que mostra ou que faz para que todos vejam que ele existe.

Óbvio que isso não elimina o valor dos grupos que tem como base atividades filantrópica, religiosas, humanitária, etc... Claro que merecem respeito, como grupo, entidade, associação, mas nunca como Motoclube. MOTOCLUBE, palavra que com o tempo se tornou popular, passou a ser copiada, difundida, e usada indistintamente, e cada vez mais, se torna desconhecida.


Texto e fonte: www.blackhorsebr.blogspot.com

segunda-feira, 16 de setembro de 2013

COMO AS COISAS MUDAM

 
Como as coisas mudam - Concessionarias desvalorizam as motos.

Quem diria, que um dia, motos com revisões em concessionarias seriam, desvalorizadas. Isso mesmo que voce leu, motos com revisões feitas em concessionarias seriam desvalorizadas. Pois é, mas está acontecendo exatamente isso.

Ha tempos atras, ja havia escutado isso, mas nem dei muita bola para o assunto. Porem, ontem, novamente ouvi a mesma coisa, e dessa vez vindo de um amigo que vendeu sua moto e está procurando outra para comprar.

Ao me perguntar se sabia de alguma Harley para vender, deixou bem claro que só compra se for moto que não passou por revisão de concessionaria, no que foi imediatamente complementado por outro amigo que estava junto, dizendo que ao comprar sua Shadow, a unica exigencia foi essa, que nunca tivesse passado por mecânico de concessionarias, nem durante a garantia.

A que ponto chegamos, apesar de não ser muito diferente em outros países, mas nem tanto ao ponto de se tornar uma exigencia do consumidor.

Mas isso se justifica, tal a qualidade dos serviços, alem da "enganação" de algumas concessionarias, principalmente quando se trata de trocas de óleos. Voce paga o óleo e o filtro, mas sai com o mesmo óleo que entrou, principalmente nas Hondas.

Bom, nada de anormal numa terra onde todos querem levar vantagem em tudo...


Texto: Black Horse Brasil MC

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

SONS OF ANARCHY 6ª TEMPORADA!

 
Depois de revista a 5º temporada e umas espreita delas aqui e ali aos traillers e sneak peeks que foram aparecendo estas últimas semanas, a ansiedade já é mais que muita ontem dia 10 de setembro de 2013 teve início a mais nova temporada deste MC intrigante.

Nunca antes foram deixadas tantas questões em aberto para a temporada seguinte como agora. Aliás, e em comparação com as anteriores season finales, esta foi a temporada que menos nos deixou com a sensação de "closure" no seu final.